MEMORIAL DO EMPREENDEDORISMO

Associação Comercial e Industrial de Piracicaba www.acipi.com.br

Tempos de crise

Lucas Magioli

Para muitos, um modelo econômico ideal e estável é utopia em um sistema que já alternou, ao longo da história, grandes momentos de super produção e, em outros, crises catastróficas que causaram a derrota a países e povos do mundo todo.

queima do café

Queima de café em Santos – SP, patrocinada pelo governo Vargas para tentar aliviar a crise dos produtores, no início dos anos 30.

Atualmente, vivemos tempos instáveis que apenas a história poderá dizer qual será o desgaste real desta fase. Mas, de fato, a atual situação não se aproxima em nada com o que aconteceu em outros períodos. Muitos conhecem ou, ao menos, já ouviram falar da Crise de 1929. Essa, apontam os fatos, foi a maior crise capitalista de todos os tempos e, somada aos desastres causados durante as duas grandes guerras na primeira metade do século XX, foi uma das responsáveis por um cenário de horror e miséria – inclusive no Brasil e, também, em Piracicaba.

O Memorial do Empreendedorismo da ACIPI trabalha, em sua mostra permanente, com a concepção de que a narrativa da história de Piracicaba não esteve isolada e muito menos indiferente aos fatos que ocorreram no cenário econômico e político mundial. É possível citar que em muitos momentos de progresso econômico, o município pegou carona e aproveitou a fase para implantar as suas características empreendedoras. Mas, como também em qualquer cenário regressivo, os piracicabanos foram resistentes às turbulências e agiram conforme as necessidades – mudaram o curso da narrativa. Pensaram “fora da caixinha”, como dizem.

Para relembrar, não há como não mencionar Mario Dedini: em apenas uma sacada empreendedora, mudou o rumo dos seus negócios e soube se aproveitar das dificuldades de exportação e importação dos maquinários agrícolas durante o período da segunda Grande Guerra e, ali, iniciou a construção de uma das principais indústrias metalúrgicas do país durante o século passado – um grande empreendedor. Por outro lado, se não existem oportunidades de todos protagonizarem individualmente na História, como fez Mario Dedini e tantos outros, o movimento coletivo e a união das classes sempre será uma grande saída. Assim, por exemplo, foi construída a trajetória de mais de 80 anos da ACIPI, repleta de momentos em que o coletivo predominou e foi decisivo para se construir a história de Piracicaba.

Sem título

Jornal de Piracicaba, edição de 26 de novembro de 1929.

No acervo recuperado pela entidade durante a construção do Memorial, pode-se encontrar, também, registros de movimentos similares ao qual deu origem a própria associação. No dia 26 de novembro de 1929, por exemplo, membros do setor agrícola piracicabano se reuniu, na sala das sessões da Câmara Municipal, para discutir “A situação do café” e providenciar mudanças no próprio segmento diante das dificuldades encontradas naquele momento de instabilidade econômica. Afetados pela desvalorização do café e preocupados com o destino da super safra, os agricultores sugeriram mudanças para tentar amenizar a situação.

Logo, quando se fala em crise, uma palavra se espalha por todos os cantos: redução de custos. E, assim, foi permeada a discussão na casa do Legislativo. Sugeriram a redução das taxas de fretes cobrados pela Estação Ferroviária; da contribuição dos tributos Estaduais e Municipais e, inclusive, dos salários dos colonos e trabalhadores das lavouras. A organização da classe foi registrada no Jornal de Piracicaba e toda a sessão foi comandada e aprovada pelo prefeito municipal, José Rodrigues de Almeida.

Por fim, as decisões citadas foram encaminhadas naquele mesmo ato, sendo aprovadas, portanto, as três sugestões de redução de custo. No encontro, mais de 55 agricultores participaram do movimento e muitos deles, inclusive Moacyr do Amaral Santos – um dos líderes no movimento, se reapresentou no dia 9 de julho de 1933, no antigo Teatro Santo Estevam, para dar início a história da ACIPI.

Esse episódio, em destaque no Jornal de Piracicaba, está disponível para consulta na mostra permanente do Memorial do Empreendedorismo. Agende sua visita!

_______________________

Acervo ACIPI

Acervo Jornal de Piracicaba

Revista Época (http://goo.gl/NR7NSF)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em junho 15, 2016 por .
%d blogueiros gostam disto: