MEMORIAL DO EMPREENDEDORISMO

Associação Comercial e Industrial de Piracicaba www.acipi.com.br

Reformas no estatuto

Lucas Magioli
Historiador

No dia 30 de abril de 1944, a Associação Comercial de Piracicaba alterou o seu estatuto, e dentre outras modificações, passou, a partir daquele dia, a ser nomeada como Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Piracicaba. Na ocasião foram escolhidos Primo Falzom e Mario Lordelo para elaborar os trâmites do novo estatuto.

A inclusão das classes industrial e agrícola na identificação da Associação representou, segundo os elaboradores, uma “ampliação das atividades econômicas permissíveis de pertencer ao quadro social, abrangendo os comerciantes, agricultores, [ilegível], criadores, banqueiros, proprietários, corretores, agentes comerciais, capitalistas, emprezas mercantis e industriais, os que exercem profissões ligadas as atividades econômicas, as associações de classe ou representativas de atividades econômicas e os ex-diretores da associação, exercendo ou não qualquer das atividades atrás numeradas”.

Na mesma reunião, o presidente da entidade, Ermelindo Del Nero, discutiu e aprovou “letra por letra a proposta de reforma no estatuto da Associação”, afirmou, na época, Cássio Paschoal Padovani, escolhido como secretário de mesa para redigir aquele fato.

Uma nova mudança no estatuto da ACIAPI ocorreu em maio de 1967, quando por elaboração do presidente da comissão para a reforma do estatuto, Antonio Paulino, foi colocado como sugestão a exclusão da categoria “agrícola” do quadro representativo da Associação.

Cód. 50

Ex-presidente da ACIPI, Salim Phelippe Maluf, déc. 60
Acervo ACIPI

Segundo o documento elaborado por Paulino, havia a compreensão de que o setor agrícola estaria “toda amparada nesta cidade pelos seus órgãos. Em consequência disso, não teremos mais sócios agricultores”. A diretoria da entidade, presidida por Salim Phellipe Maluf, aprovou a alteração e, a partir desse momento, passou, definitivamente, a ser nomeada como ACIPI – Associação Comercial e Industrial de Piracicaba.

As informações retiradas acima estão registradas em uma das atas da ACIPI, que podem ser vistas no Memorial do Empreendedorismo. Para agendar uma visita, clique aqui.

________________________________

Fonte:

Acervo ACIPI

Anúncios

Um comentário em “Reformas no estatuto

  1. Pingback: A Porta Larga | MEMORIAL DO EMPREENDEDORISMO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em agosto 26, 2013 por .
%d blogueiros gostam disto: